Jornal Público Junho '19

Vasco-Sr-Manuel-e-Sara
Cadeira-Manuel_Kiri_01.jpg
Cadeira-Pedro_Carvalho_01.jpg

Artigo - 21 de Junho de ‘19 @ Jornal Público

Vasco Lima Mayer e Sara Oom de Sousa criaram a cadeira “mais leve do mundo”

https://www.publico.pt/2019/06/21/culto/noticia/vasco-lima-mayer-sara-oom-sousa-criaram-cadeira-leve-mundo-1877167

Dois designers apresentam em Lisboa, no próximo dia 27, uma cadeira com pouco mais de um quilograma de peso.

“Os arquitectos Vasco Lima Mayer e Sara Oom de Sousa, da marca de mobiliário Fuschini, criaram “a cadeira de madeira mais leve do mundo”, com apenas 1,2 quilogramas de peso. Os dois arquitectos mostram-na, pela primeira vez, no próximo dia 27, em Lisboa, depois de já a terem apresentado na feira de design em Milão.

“Tenho a certeza que a Manuel é cadeira de madeira mais leve do mundo, havendo já uma com 1,3 quilogramas”, assegura o arquitecto que, em 2018, desafiou a colega do curso de arquitectura a lançarem a marca de mobiliário Fuschini, em Sintra. Por essa altura, os dois designers, de 28 anos, trabalhavam em diferentes ateliers de arquitectura. Juntaram-se neste novo desafio e começaram a desenhar a colecção que apresentaram oficialmente durante a Milan Design Week, a convite de um amigo.

“Foi a nossa rampa de lançamento”, diz Vasco Lima Mayer. Agora é a vez de Portugal, durante um evento que os dois amigos organizam dia 27, no restaurante à Margem, em Belém. E onde a estrela da noite será a cadeira Manuel que é feita de madeira de kiri que “vem do Japão, sendo muito fina, 30% mais leve do que qualquer outro tipo de madeira, mas resistente”, descreve Vasco Lima Mayer.

Apenas será feita uma edição limitada de 30 unidades, a 1500 euros cada, porque, sublinha, “vai ser vendida enquanto peça de arte”. A marca vai ainda vender na loja online, uma versão da cadeira em maior número, mas feita de carvalho, mais pesada e ainda mais resistente, que terá um custo de 300 euros cada. 

Esta peça tem nome de pessoa, Manuel, tal como todas as outras em homenagem a conhecidos e não só. Esta, por exemplo, homenageia o dono da fábrica MSantos, em Lordelo, que lhes deu a conhecer a madeira leve da cadeira e onde os dois designers manufacturam todo o mobiliário Fuschini. Há ainda a cadeira José, outra mais alta chamada Pedro, a mesa Ana que tem azulejos tradicionais na base e o aparador Carlota com duas gavetas na totalidade da sua largura. Por enquanto, a Fuschini apenas vende online, não tendo loja física.

“Queremos criar peças de mobiliário de qualidade a preços acessíveis, desenhadas e feitas em Portugal”, anuncai Vasco Lima Mayer, descrevendo que o design é intemporal, minimalista com linhas depuradas, e inspirado no período moderno do século XX. “Gostamos de acreditar que contribuímos para o bom design do mobiliário português”, acrescenta Sara Oom de Sousa, apoiada pelo colega: “Gostaríamos de ser uma marca de referência em Portugal”.

Porquê Fuschini? “É o apelido do meu bisavô italiano que tinha muita sensibilidade artística”, responde Vasco Lima Mayer que sempre foi um apaixonado pelo design de mobiliário, e cresceu a ver o pai e o irmão, arquitectos, a fazerem esquissos e maquetas.”

Vasco Mayer